Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit?

Vivamus et ullamcorper leo. Mauris eleifend ornare mi. Etiam at orci sollicitudin orci commodo accumsan eget et ligula. Nam congue pellentesque diam, mollis vestibulum enim elementum nec. Ut ultricies ullamcorper justo a ornare. Ut quis rhoncus odio. Sed eget massa nec nisi sollicitudin bibendum vitae eget magna. Fusce vestibulum sapien et odio vestibulum viverra. Sed eu lobortis nunc.

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit?

Vivamus et ullamcorper leo. Mauris eleifend ornare mi. Etiam at orci sollicitudin orci commodo accumsan eget et ligula. Nam congue pellentesque diam, mollis vestibulum enim elementum nec. Ut ultricies ullamcorper justo a ornare. Ut quis rhoncus odio. Sed eget massa nec nisi sollicitudin bibendum vitae eget magna. Fusce vestibulum sapien et odio vestibulum viverra. Sed eu lobortis nunc. Nunc fermentum at augue luctus consequat. Sed aliquet ullamcorper odio nec fermentum. Vivamus ut est at justo molestie iaculis.

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit?

Vivamus et ullamcorper leo. Mauris eleifend ornare mi. Etiam at orci sollicitudin orci commodo accumsan eget et ligula. Nam congue pellentesque diam, mollis vestibulum enim elementum nec. Ut ultricies ullamcorper justo a ornare. Ut quis rhoncus odio. Sed eget massa nec nisi sollicitudin bibendum vitae eget magna. Fusce vestibulum sapien et odio vestibulum viverra. Sed eu lobortis nunc. Nunc fermentum at augue luctus consequat. Sed aliquet ullamcorper odio nec fermentum. Vivamus ut est at justo molestie iaculis.

ANEURISMA DE AORTA E ILÍACAS

A artéria aorta se inicia no coração e se extende até ao nível do umbigo onde se divide nas artérias ilíacaS.

A aorta tem uma porção torácica e outra abdominal.

O aneurisma é a dilatação de 2x ou mais do tamanho natural da artéria.

A maioria dos casos são assintomáticos, sendo diagnosticado por acaso na realização de outros exames como palpação do abdomen, ultrassonografia ou tomografia computadorizada.

O tratamento é sempre cirúrgico a partir de sintomas ou apenas do tamanho avançado do aneurisma.

Existem dois tipos de técnicas cirúrgicas: a endovascular e a correção com cirurgia “aberta”.

A técnica endovascular se faz com pequenas incisões e a utilização de material especial que é implantado por dentro do vaso, sendo menos invasivo e com recuperação mais rápida.

A técnica com cirurgia “aberta” se faz através de grandes incisões e exposição de todo o aneurisma onde se sutura uma prótese desde o início até o término do aneurisma.

O tipo de técnica escolhida depende da anatomia de cada caso e da disponibilidade de equipamento e material, além das condições físicas de cada paciente.

Copyright © 2016 - Instituto F. Branco. Todos os direitos reservados.